Um princípio fundamental da cultura nerd é o conhecimento – julgamos e somos julgados com base em nosso conhecimento sobre de jogos, ficção científica, quadrinhos, animes, colecionáveis ​​e muito mais. Mas é impossível para um ser humano saber tudo, não importa quantas ‘chips’ sejam colocadas no seu cérebro. É aí que entramos. Com essa série “Pixel Droide Explica“, nós iremos mostrar tudo o que você precisa saber para conhecer alguns dos assuntos mais complexos e intensos do universo da cultura pop. Você não precisará mais que fingir nas conversas para depois ir numa sessão ‘rápida’ no Wikipedia. Deixe-nos ser seu guia, agora e para sempre.

DC Comics - Teen Titans
DC Comics

Quem são os Teen Titans?

Introduzido em 1954 nas páginas The Brave & The Bold, os Teen Titans foram o esforço da DC para pegar seus companheiros e uni-los em um único grupo. Sob a liderança do primeiro Robin, Dick Grayson, a equipe original incluía Kid Flash, Moça Maravilha e Aquagirl. Eles logo se juntaram a Speedy, a pré-heroína do Arqueiro Verde, e alguns outros personagens, mas a equipe nunca fez ‘muito alarde’ até os anos 80, quando uma nova equipe de talentos faria Teen Titans um dos best-sellers da DC e um dos livros mais aclamados pela crítica.

DC Comics - Titans
DC Comics

O que aconteceu nos anos 80?

Em novembro de 1980, a DC Comics Presents introduziu um novo status quo para a equipe, sob a orientação do escritor Marv Wolfman e do artista George Perez. Os dois haviam gostado da Marvel, mas foram para a competição depois de diferenças criativas, e estavam prontos para ‘sacudir’ de como eram feitas as coisas na DC. Apesar de ter heróis icônicos como Superman e Batman, o início dos anos 80 foi um momento difícil para a DC de forma criativa e comercial. O universo interligado da Marvel estava cada vez mais forte, impulsionado pelo incrível sucesso de Chris Claremont no X-Men. Enquanto isso, DC estava contente em contar histórias mais simples e curtas para um público mais jovem.

Os Novos Titãs (New Teen Titans) mudaram tudo isso. A dupla começou a traçar contos complexos que duraram meio ano ou mais, introduzindo novos personagens, incluindo Deathstroke the Terminator (Exterminadador) e o clímax com O Contrato de Judas, de 1984, uma das histórias mais bem aceitas do ano. A relação de trabalho de Wolfman e Perez foi incrivelmente apertada – depois que a série começou, Perez mudou-se para uma casa a apenas cinco quarteirões do escritor, e não demorou muito para que a dupla co-tramasse o livro. A fan press viu os Titans como a resposta da DC aos X-Men, e as duas franquias ainda tiveram um crossover entre empresas – uma séria raridade – em 1982.

Eventualmente, os dois deixariam o livro, mas os Teen Titans continuaram a ser um sucesso e levaram a linha DC a narrativas mais complexas e enredos mais ricos.

Marvel e DC Comics - X-Men e New Teen Titans
Marvel/DC Comics

Por que o Wolfman/Perez foi importante?

Os heróis da DC sempre foram geracionais – havia Jay Garrick, ou Joel Ciclone, conhecido como primeiro Flash (Golden Age Flash), e depois houve Barry Allen, o segundo a usar o nome de Flash (Silver Age Flash). Para a maioria deles, suas identidades são como mantos que podem ser repassados ​​para uma nova geração. Os Teen Titans foram originalmente apresentados como sidekicks para atrair um público mais jovem, mas Wolfman e Perez deram a eles um espaço para crescer em suas próprias identidades. Um dos eventos mais importantes no início de suas carreiras foi com Dick Grayson saindo do papel de Robin para se tornar o Asa Noturna, um gesto que simbolicamente o tira da sombra do Batman.

O sucesso do New Teen Titans empurrou a DC para fora da estagnação e levou-os a experimentar várias iniciativas, incluindo a impressão de algumas séries em papel Baxter de maior qualidade e a garantia de que as equipes criativas tivessem mais espaço para mudar e evoluir seus personagens. É justo dizer que o sucesso da empresa no final da década, com séries como Watchmen e Liga da Justiça, não teria acontecido sem que os Titans liderassem o caminho.

DC Comics - Teen Titans
DC Comics

O que aconteceu depois?

Perez deixou o livro em 1985 e o livro começou a perder força. Continuou sob vários escritores e artistas até ser reiniciado em 1996, após o cross-over da Zero Hora, uma das muitas tentativas da DC para limpar seu multiverso complicado. A reinicialização introduziu todos os novos personagens liderados pelo Elektron, mas foi cancelada depois de dois anos. Os Titans de 1999 trouxeram de volta grande parte do time original, correndo ao lado dos Jovens Justiceiros, outro grupo de jovens da DC. Com o sucesso do desenho animado de 2003, DC decidiu colocar o talento de primeira linha no livro novamente em 2003, com o escritor Geoff Johns encarregado de reabilitar a franquia. Durou até 2011. Atualmente, na continuidade pós-Rebirth, o DC tem duas equipes Titans – uma com Teen e outra sem.

Mas que infernos é Teen Titans Go?

Embora os Titãs tenham sido animados inúmeras vezes – com mais sucesso na série Cartoon Network de 2003 – eles estão passando por uma cortesia de ressurgimento do Teen Titans Go de 2013! Em vez de uma séria aventura super-heróica, a série se concentra no tempo de inatividade dos heróis. Essa abordagem certamente desanimou um grupo de fãs da velha guarda que não gostaram das brincadeiras, mas há muito o que amar para os entusiastas da DC de todas as idades. O programa é repleto de piadas internas e referências para leitores de longa data, mas também tem muitas tolices para crianças. Em 2018, a franquia viu seu primeiro longa-metragem, Teen Titans Go! para o cinema, lançado para aclamação da crítica. É uma ótima ilustração de como a franquia é flexível.

E sobre a nova série?

A DC vem planejando uma franquia live-action desde os meados de 2007, primeiro como um longa-metragem e depois como uma série. Saiu do projeto depois que um roteiro foi escrito e as filmagens estavam programadas para começar, mas a DC manteve-o até o lançamento de seu novo serviço de streaming, o DC Universe. Titans é um dos principais shows da rede, estrelado por Brenton Thwaites como Dick Grayson, Teagan Croft como Ravena e Anna Diop como Estelar. O show teve uma explosão de atenção depois que o trailer saiu no San Diego Comic-Con de 2018, com Thwaites dizendo “F-Batman”. Se o show vai ser bom ainda não se pode dizer. DC Universe é um grande risco para a empresa, mas os outros super-heróis que eles produziram como Arrow são entretenimento perfeitamente competente.

DC Comics - Teen Titans
DC Comics

Quais são os enredos obrigatórios para leitura?

Com 64 anos de história, há muitos quadrinhos de Teen Titans por aí para acompanhar. Se você quiser algo para começar, nossas escolhas incluem o Novos Titãs: O Contrato de Judas TPB, que é o melhor momento da equipe Wolfman/Perez, uma história tensa de um traidor da equipe que os leva ao ponto mais baixo possível. Who Is Donna Troy?, o último dos criadores originais que conta as misteriosas origens da Moça Maravilha e as transforma em algo verdadeiramente único. Terra Um, um universo alternativo que conta a origem da equipe de Jeff Lemire e Terry Dodson, que estão por conta própria; e A Kid’s Game, a primeira coleção da carreira de Geoff Johns.