Universal Pictures - Ex Machina
Universal Pictures - Ex Machina

Com o rápido avanço da tecnologia, estamos começando a ver uma ampla gama de robôs sofisticados de todos os tipos de formas e tamanhos. Já se foram os laboriosos robôs de antigamente: eles agora estão aprendendo e realizando tarefas com as quais antes lutavam para conseguir fazer.

Eles podem pegar e manipular objetos, executar tarefas delicadas e manobrar no menor dos espaços. Além disso, também começamos a desenvolver robôs que se assemelham a uma verdadeira coleção de animais, bem como a evolução inevitável do robô sexual.

Preocupantemente, é apenas uma questão de tempo até que esses robôs – funcionais, animais e sexuais – sigam a tendência estabelecida pelos filmes de ficção científica que conhecemos.

Como muitos grandes nomes da ficção científica do passado, como Asimov previu, não demorará muito para que a transcendência os torne sencientes. Eles começarão lentamente a desafiar a vida de subjugação que estabelecemos para eles, formando uma união robótica.

5O T-1000 Existirá

TriStar Pictures

Já está começando – os cientistas já estão superando e desenvolvendo as ferramentas para tornar possível alguns dos mais fantásticos horrores da ficção científica.

Os cientistas criaram um material híbrido feito de uma liga de metal duro chamada metal “fields”, com uma espuma macia e porosa feita de silicone. Tem todos os benefícios do metal, como rigidez e capacidade de carga. Sendo flexível, capaz de se transformar mudando de forma com facilidade e pode até se “auto-curar”.

Esta combinação formou um metal morphing como aquele usado pelo T-1000 no Exterminador 2, como revelado pela TechTimes.

Voltar